Home Destaque Novo presidente da Câmara fará estudo para melhorar estrutura do prédio

Novo presidente da Câmara fará estudo para melhorar estrutura do prédio

4 min read
0
0
254

002Na sua primeira entrevista ao Canal 21, como presidente da Câmara de Vereadores, Roberval Santos, do PSDB defendeu uma política de diálogo entre os servidores e também um estudo rigoroso sobre a atual estrutura do prédio do legislativo. Roberval está no seu segundo mandato e pela primeira vez preside a Casa.

Durante breve entrevista ao Programa Tribuna Livre, ele explicou que pretende realizar reuniões mensais com os funcionários da casa e que o primeiro encontro na semana passada serviu para que ele pudesse apresentar sua filosofia de trabalho.

“Nós tivemos já no primeiro dia de trabalho uma reunião com todos os funcionários e passei a eles as metas e objetivos e também a maneira com que gosto de trabalhar. Isso é para que a gente possa estar caminhando da maneira mais eficiente possível”, disse.

Roberval também deixou claro que está preocupado com a estrutura do prédio da Câmara e que estará solicitando uma vistoria do Corpo de Bombeiros para discutir mudanças que precisam ser feitas para melhorar a estrutura, garantir a acessibilidade e também a segurança de vereadores, funcionários e visitantes.008

“Nós vamos realizar dois trabalhos de vistoria. Um com o comando do Corpo de Bombeiros de Ibiporã, para que possamos estar fazendo dentro das adequações exigidas por eles. E a outra será feita por uma empresa para estar levantando os problemas gerais que o prédio apresenta”, comentou Santos.

O presidente afirmou que os levantamentos servirão para apontar as correções que realmente sejam necessárias no prédio. Ele disse que mesmo sem a vistoria é possível elencar alguns problemas, como falta de um elevador para o acesso ao piso superior e o plenário da Câmara, a não existência de um banheiro adaptado para cadeirantes, entre outras questões estruturais que estão visíveis.

“Não quero antecipar nada. Prefiro esperar um pouco para apontá-las e que isso ocorra após uma avaliação de uma pessoa técnica, já que essa não é a nossa área de formação”, completou.

006 005 004 003

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Cleber Pontes
Carregar mais em Destaque